• Nelson Melo

Doação de sangue é realizada para ajudar pacientes oncológicos em São Luís

“O meu mandamento é este: amem-se uns aos outros, assim como eu amei vocês. Não existe amor maior do que dar a vida pelos amigos”. Esse é apenas um dos muitos ensinamentos do mestre Jesus Cristo, que, assim como Moisés, tem o meu respeito por representar o lado bom da vida, marcada por tantos sofrimentos. Quando deixamos o individualismo de lado e passamos a agir pensando na coletividade, nós nos aproximamos de uma atitude nobre. Em São Luís/MA, o Instituto Antonio Brunno, localizado no bairro Cohab-Anil, dedicou esta quinta-feira (26) para coletar bolsas de sangue, a fim de ajudar pacientes oncológicos.




A coleta foi realizada nesta quinta-feira nas dependências do Instituto Antonio Brunno





A doação de sangue teve início durante o turno matutino, a partir das 9h, de acordo com informações que apurei acerca do evento solidário com Adriana Pessoa, irmã do Antonio Brunno, que faleceu em 2011 após ter adquirido um câncer no ano anterior. No decorrer desta quinta-feira, várias pessoas compareceram ao local, para oferecer um gesto de amor ao próximo, com o intuito de salvar vidas de maneira sincera. Importante destacar que os doadores residem não apenas em São Luís, como nos demais municípios que integram a conhecida Grande Ilha – São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa.




Também é importante dizer que essas pessoas foram avaliadas por uma equipe do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Maranhão (Hemomar), para saber se preenchiam os requisitos básicos da doação de sangue, como por exemplo: pesar acima de 50kg, não ingerir bebida alcoólica no dia anterior ao procedimento, ter entre 16 a 69 anos e ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas. Os pacientes oncológicos do Instituto Antonio Brunno precisam demais dessas bolsas, sendo que o ato solidário manterá os estoques abastecidos.




Sobre o Instituto Antonio Brunno




O Instituto Antonio Brunno, que conheci presencialmente há poucos dias, fica na Rua Frei Hilário, bairro Cohab-Anil, na capital maranhense, ao lado da agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Atualmente, a capacidade de atendimento, na rotatividade, é de 5.000 pacientes, que são oriundos, em quase 100% dos casos, do interior maranhense, de cidades como Viana, Matinha, Vitória do Mearim, dentre outras. Mas a entidade recebe, ainda, pessoas de outros estados, como o Pará, por exemplo, como fui informado durante minha visita ao prédio.





Antonio Brunno dedicou sua vida para ajudar o próximo da maneira como Jesus nos ensinou




No “Brunnário”, a história de Antonio Brunno é contada em fotos, documentos, roupas, calçados, fantasias de palhaço, livros, materiais religiosos e outros objetos que ele utilizava. Tudo está devidamente preservado. É impossível vislumbrarmos o ambiente sem nos emocionarmos, porque ali está o registro de um homem que nunca desistiu de viver, mesmo em seus instantes finais na Terra, onde ele soube ajudar o próximo sem pedir nada em troca. O sorriso das pessoas já era o suficiente como resposta. A compaixão é uma virtude que nos coloca na condição de humanos autênticos, pois não basta apenas passarmos pelo planeta sem dedicarmos uma parte do tempo em prol da solidariedade.




A casa de apoio às pessoas com câncer sobrevive de doações, que possibilitam a oferta de serviços gratuitos aos pacientes e acompanhantes, de todas as faixas etárias. Caso você queira ajudar, pode depositar/transferir qualquer valor às seguintes contas bancárias: Banco do Brasil (agência: 4288-9/conta: 34.793-0)/Caixa Econômica (agência: 1576/conta: 4735-0/Operação: 003). Também é possível realizar o ato filantrópico por meio de um carnê, que está disponível na sede da entidade, situada ao lado do prédio do Instituto Nacional do Seguro Social da Cohab-Anil IV.




O telefone fixo do Instituto é o (98) 3181-0016. Mas você também pode entrar em contato por meio dos seguintes números: (98) 98401-6636/98856-7471 (Antonio); 98825-5472/98537-8299 (Fátima); 98459-9832 (Adriana) e 98415-8712 (Denis).




Importância da doação de sangue




A doação de sangue é um gesto solidário que serve para salvar a vida de quem se submete a tratamentos e intervenções médicas de grande porte e complexidade, como transfusões, transplantes, procedimentos oncológicos e cirurgias. Além dessas pessoas, o sangue também é indispensável para que pacientes com doenças crônicas graves - como Doença Falciforme e Talassemia - possam viver por mais tempo e com mais qualidade, além de ser de vital importância para tratar feridos em situações de emergência ou calamidades.




Uma única doação pode salvar até quatro vidas. Ademais, um simples gesto de amor e solidariedade pode gerar muitos sorrisos. Afinal de contas, Jesus nos destinou para irmos e darmos frutos, e para que o nosso fruto permaneça.




A doação de sangue é um ato que salva vidas e anula qualquer pensamento egoísta



18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo