• Nelson Melo

Engenheira ambiental falará sobre agronegócio e cidadania no sul do MA

Ray Goldemberg e Jonh Davis, na década de 1950, ofereceram ao mundo o conceito de agronegócio, que surgiu nos Estados Unidos da América (EUA) com a expressão “agribusiness”. A ideia começou a circular no Brasil nos anos 1980, sob o termo “complexo agroindustrial”. Esse tema será explorado pela engenheira ambiental Pollyana Camara, no próximo domingo (30), na Rádio Ilha do Amor FM, que fica no bairro Cohab-Anil, em São Luís/MA. Na ocasião, ela pretende abordar o assunto pelo viés da cidadania, debatendo alguns subtópicos, como por exemplo o uso de defensivos e fertilizantes agrícolas.




A entrevista com a engenheira ambiental ocorrerá no próximo domingo a partir das 10h


Pollyana Camara, que é conselheira do Conselho Estadual do Meio Ambiente do Maranhão (Consema), será entrevistada a partir das 10h, no programa “Fala Comunidade”, que é um sucesso de audiência da Rádio Comunitária Ilha do Amor (106,3). Além da questão dos fertilizantes e defensivos agrícolas, a engenheira ambiental pretende abordar outras questões, como as tecnologias no campo, o crescimento da população, taxa de urbanização, agricultura de precisão (corrigir o solo para melhorar a produção) e produção agrossilvipastoril no Maranhão (grãos, bovinos).


São assuntos que, de fato, têm relação com o contexto social, sobretudo porque o agronegócio é um setor importante da nossa economia, sendo definido como a soma de todas as cadeias produtivas desde a produção e distribuição de insumos até a comercialização de alimentos, fibras e energia, segundo uma publicação periódica do Núcleo de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV) Projetos (Ano 2, nº 4, Abril de 2007), em entrevista feita com Sílvio Crestana, que foi diretor-presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) entre 2005 e 2009.




As tecnologias de campo estão sendo mais utilizadas durante a pandemia da Covid-19


Convém frisar que a população maranhense poderá participar do programa “Fala Comunidade” fazendo perguntas ou questionamentos, por meio do seguinte telefone: 3244-0864. As pessoas podem baixar o aplicativo da Rádio Ilha do Amor FM no celular ou acompanhar pelo site WWW.ilhafm106slz.com.br.


Agronegócio no sul do Maranhão

Sabemos, por meio do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que o sul maranhense concentra boa parte da produção agrícola do Estado, sobretudo no que se refere aos grãos de soja e milho. Esse setor tem um impacto significativo no Produto Interno Bruto (PIB) do Maranhão. Então, a entrevista que a engenheira ambiental concederá na Rádio Ilha do Amor FM é uma pauta muito interessante, especialmente porque abordará o tema por um ponto de vista que é de interesse social.


O sul do Maranhão concentra boa parte da produção agrícola do Estado



Importante dizer que Pollyana Camara é pós-graduanda em Agronegócio pela Universidade de São Paulo (USP). Recentemente, ela participou de uma live que teve como tema “Zoneamento Ecológico Econômico do Maranhão: etapas concluídas e desenvolvimento futuro”, juntamente com Dionatan Silva Carvalho, presidente do Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc). A transmissão fez parte da “2ª Semana de Diálogos do Conselho de Meio Ambiente do Maranhão”.


O Consema, para quem não sabe, foi instituído pela Lei nº 5.405 de 1992, como parte do Sistema Estadual de Meio Ambiente. É um órgão superior colegiado com atribuições consultivas, normativas, deliberativas e recursais.

49 visualizações

© 2019 por Nelson Melo.