• Nelson Melo

Uso de plantas para diminuir ansiedade será tema de palestra na Estrada da Maioba

A ansiedade é um sentimento que faz parte da condição humana. Às vezes, pode ser confundida com o medo. Isso é até compreensível porque a linha entre as duas instâncias é tênue. Para falar a verdade, é quase inexistente. Quando é patológica, então a situação precisa ser analisada a partir de estratégias psicoterapêuticas. Nesse período da pandemia da Covid-19, as pessoas estão perdendo o controle emocional com uma rapidez impressionante. Felizmente, existem maneiras de driblarmos esses comportamentos. Uma das formas é o uso de plantas medicinais, como explicará a farmacêutica Kallyne Bezerra, no Viveiro Tracajá, Estrada da Maioba, na região metropolitana de São Luís/MA.

A farmacêutica Kallyne Bezerra possui uma vasta experiência no ramo da fitoterapia


A profissional fará as explicações sobre o assunto no próximo dia 26 de setembro, no turno matutino, durante um evento que acontecerá das 8h às 11h, em mais uma edição da “Jardinagem Pedagógica”, que surgiu na Praça das Árvores do Cohatrac IV, em São Luís/MA, por meio do Comitê Gestor. Na palestra, Kallyne Bezerra abordará a importância das plantas para diminuir a ansiedade e fortalecer a imunidade, sendo que a ênfase será a fitoterapia, técnica que estuda as funções terapêuticas das plantas e vegetais para prevenção e tratamento de variadas doenças, incluindo as psíquicas.

Convém ressaltar que todo produto farmacêutico (extrato, tintura, pomada ou cápsula) que utiliza como matéria-prima qualquer parte de uma planta com conhecido efeito farmacológico pode ser considerado um medicamento fitoterápico. Muitas pessoas recorrem a essa estratégia para readquirirem o controle emocional, que está sendo facilmente perdido no atual momento, em virtude da pandemia. As insônias estão sendo mais frequentes, assim como a taquicardia, a tensão muscular, os tremores e o desconforto abdominal. Esses sintomas estão diretamente relacionados aos quadros de ansiedade patológica, por conta dos pensamentos obsessivos.

Os pensamentos obsessivos e a preocupação excessiva causam danos à saúde mental


Esses pensamentos são referentes a ameaças irreais, isto é, que não representam perigo iminente, tendo em vista que o sujeito internaliza uma preocupação exacerbada sobre o futuro, que, na visão de quem está passando pelo sofrimento psicológico, pode desmoronar a qualquer momento por conta do novo coronavírus. Para nossa sorte, o tratamento fitoterápico pode reduzir os sintomas. Para quem está apresentando alterações no sono, por exemplo, o chá por infusão de Melissa Officinalis seria uma opção viável, como a farmacêutica Kallyne Bezerra indicou em uma entrevista que concedeu ao Jornal O Estado em maio deste ano.

O uso de plantas medicinais para tratamento de doenças é estudado pela farmacêutica



Palestra na "Jardinagem Pedagógica"



A palestra da farmacêutica na “Jardinagem Pedagógica”, portanto, será essencial para compreendermos as disfuncionalidades concernentes à ansiedade, em suas bases neurológicas e psicológicas, a partir do uso das plantas nessas situações desconfortáveis psiquicamente e fisiologicamente. Kallyne Bezerra, inclusive, é coordenadora do programa “Farmácia Viva, Hortos Terapêuticos”, que tem o objetivo de levar saúde e acesso às plantas medicinais e fitoterapia aos municípios maranhenses que possuem baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

Por meio da iniciativa, hortos são construídos para beneficiar a população mais carente do Maranhão. Em uma matéria divulgada no site da Faculdade Florence, a farmacêutica revelou que o programa surgiu como proposta para homenagear a professora doutora Terezinha Rêgo. Ela comentou que tudo começou como projeto-piloto, por meio da Força Estadual de Saúde (Fesma). Importante dizer que, durante o evento “Jardinagem Pedagógica”, na Estrada da Maioba, também haverá um café compartilhado e oficinas de ecodesign, como aconteceu na edição passada, na Área de Proteção Ambiental (APA) do Itapiracó, no Cohatrac IV, na capital maranhense.

O evento da "Jardinagem Pedagógica" acontecerá no próximo dia 26 de setembro na ilha

45 visualizações

© 2019 por Nelson Melo.